Dossiê Fotografia Alagoana Fotografia

As águas e paisagens fotográficas de Ramatis Haywanon e Marcelo Albuquerque  

8ª edição - Dossiê Aqui Acolá Fotografia Alagoana

Tendo como foco comum a fotografia de paisagem, urbana e documental, o Dossiê Fotografia Alagoana chega a 8º edição e contempla os trabalhos de Ramatis Haywanon e Marcelo Albuquerque. Ramatis nasceu fora, mas escolheu Alagoas para viver e fotografar; já Marcelo nasceu em Maceió, mas atualmente mora fora do Brasil. Contudo, o que une o trabalho dos dois fotógrafos é talvez o elemento mais formador de nossa identidade: as águas.

Blog.AquiAcolá - Ramatis

 Ramatis Haywanon

Ramatis nasceu em Recife, mas já se considera um maceioense “alambucano”. Tomou contato com a fotografia de diversos meios. Seu pai, jornalista e publicitário, tinha uma câmera 8 milímetros que usava para documentar o dia a dia da família e Ramatis acompanhava todo o processo, desde a filmagem até a montagem do filme. Quando pequeno, um dos lugares em que mais gostava de estar era a sala de revelação da agência de seu pai.

“Um dia ele pegou uma câmera que tinha, uma Minolta mecânica, e me ensinou o básico”, relembra. “Ele me levava para pescar e me deixava com a máquina para fazer minha fotos”. Ainda criança, encantou-se com a fotografia de paisagem e de vida animal de Tom Wolf. “Comecei a trabalhar com publicidade e o trato com as imagens ficou cada vez mais cotidiano na minha vida”, diz ele.

Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon (1)
Da série “série Mar-Lagoas” | Foto: Ramatis Haywanon
Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon (7)
Da série “série Mar-Lagoas” | Foto: Ramatis Haywanon
Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon (17)
Da série “série Mar-Lagoas” | Foto: Ramatis Haywanon

Porém, o desejo de experimentar e produzir seus próprios trabalhos foi ficando maior. “Com o advento do digital, ficou mais barato e fácil para que pessoas como eu começassem a fazer um trabalho mais autoral, com uma visão própria”, comenta. Com isso, desde 2010 que Ramatis vem expressando e materializando sua visão fotográfica. E há cerca de três anos, seus estudos autodidatas se intensificaram, à medida que ideias e projetos surgiam em sua cabeça.

“Eu gosto de fotografar tudo o que é bonito. E a beleza é uma coisa muito ampla”, revela. A cidade e seus contrastes, as pessoas e seu dia a dia estão entre as coisas belas que Ramatis mais retrata em seu trabalho. “Também adoro paisagem, é uma coisa que me atrai tentar passar a paz que eu sinto naquele instante para as outras pessoas”.

Suas inspirações vão de Cartier-Bresson a Vivian Maier, passando pelas pessoas e contrastes de Sebastião Salgado às paisagens de Tom Wolf. “Aqui no estado também tem ótimos fotógrafos como o Léo Vilanova, Ricardo Lêdo, Ailton Cruz, que acho fantásticos. Acompanho também o trabalho do grupo Perambular Fotográfico. São muitas referências”, afirma.

Mar-Lagoas é uma série desenvolvida por Ramatis que mostra cenas envolvendo os pescadores em seu habitat natural. “Fiz questão de isolar esses ambientes que parece que estão super distantes, mas estão aqui na cidade bem perto da gente e ninguém parece prestar muita atenção”.

Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon - stret (5)
NY paisagem urbana e arquitetura | Foto: Ramatis Haywanon
Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon - stret (7)
NY paisagem urbana e arquitetura | Foto: Ramatis Haywanon
Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon - stret (8)
NY paisagem urbana e arquitetura | Foto: Ramatis Haywanon
Blog.AquiAcola-  Ramatis Haywanon - stret (24)
NY paisagem urbana e arquitetura | Foto: Ramatis Haywanon

Ele também aproveita as viagens de família para, sempre que pode, inseri-las em seu cronograma fotográfico. “Até para exercitar também com coisas e cenários diferentes. Estou planejando, inclusive, fazer algumas viagens ao sertão e ao baixo São Francisco para um projeto de paisagens”.

Seu trabalho já integrou uma exposição coletiva do Perambular Fotográfico, e atualmente vem divulgando-o através da internet. “O cenário aqui em Alagoas para a fotografia artística é muito bacana. Tem os grupos onde as pessoas se juntam, discutem, pedem opinião, fazem exposições coletivas. E os trabalhos dos fotógrafos dizem muita coisa, não estão lá só por estar”.

Marcelo Albuquerque

Natural do bairro do Bom Parto, em Maceió, Marcelo Albuquerque se encantou pelo ato de congelar imagens desde criança. Até que, já adulto, teve a oportunidade de adquirir uma câmera Zenit, antiga marca russa. “Era uma lente fixa, 52 mm e aprendi muito com ela. Depois entrei na linha EOS da Canon, que uso desde que eram para filme”, diz ele. Em 2015, resolveu sair do Brasil e passou um ano na Irlanda. Atualmente, mora em Portugal, onde está concluindo mestrado em fotografia no curso de Comunicação e Artes da Universidade Nova de Lisboa.

Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque (2)

 

Seu trabalho com fotografia teve início entre 2001 e 2002. “Apesar de ter feito trabalhos esporádicos antes, sempre digo que comecei a trabalhar com fotografia para o Maceió Fest, o carnaval fora de época da cidade”, lembra ele. “Era uma equipe contratada pela comunicação do evento e a ideia era ter foto de tudo e isso foi muito bom para o meu aprendizado”. 

Algum tempo depois, terminou o curso de Jornalismo e começou a vender fotos para o jornal Gazeta de Alagoas. “Logo em seguida surgiu uma vaga na redação e fui contratado. Passei dez anos fazendo fotojornalismo todos os dias e essa é a minha grande escola”, revela.

Seu trabalho artístico e suas preferências visuais incluem a fotografia de retratos e paisagens urbanas. Para ele, a arte fotográfica é melhor enxergada como um todo.

“Não vejo a fotografia dividida em várias técnicas. Às vezes é preciso usar um, dois, três flashes para ter o que se quer. Às vezes é preciso apenas a luz natural e uma única lente fixa. Tudo depende do que se quer com a foto”.

Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -- Pulo na Lagoa Mundau (4)
Da série “Pulo na Lagoa Mundaú” |  Foto: Marcelo Albuquerque (2014)
Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -- Pulo na Lagoa Mundau (3)
Da série “Pulo na Lagoa Mundaú” |  Foto: Marcelo Albuquerque (2014)
Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -- Pulo na Lagoa Mundau (2)
Da série “Pulo na Lagoa Mundaú” |  Foto: Marcelo Albuquerque (2014)
Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -- Pulo na Lagoa Mundau (1)
Da série “Pulo na Lagoa Mundaú” |  Foto: Marcelo Albuquerque (2014)

Suas inspirações vêm dos fotógrafos clássicos como Cartier-Bresson, Sebastião Salgado, Diane Arbus, Robert Capa e Robert Frank. Além disso, segundo ele, a bagagem cultural que adquiriu durante toda a sua vida é fator fundamental para a formação de seu trabalho.

A série Praias desenvolvida por ele pouco antes de deixar Maceió, entre 2014 e 2015, retrata o símbolo mais forte da cultura maceioense.

Tentei fazer fotos icônicas das praias de Maceió, uma coisa que está muito presente no imaginário da cidade”, explica. “Foi uma forma de fazer as pazes com a nossa vocação para areia e água salgada”.

PAJUÇARA - MARCELO ALBUQUERQUE (4)
Da série “Pajuçara” | Foto: Marcelo Albuquerque (2014)
PAJUÇARA - MARCELO ALBUQUERQUE (3)
Da série “Pajuçara” | Foto: Marcelo Albuquerque (2014)
PAJUÇARA - MARCELO ALBUQUERQUE (2)
Da série “Pajuçara” | Foto: Marcelo Albuquerque (2014)
PAJUÇARA - MARCELO ALBUQUERQUE (1)
Da série “Pajuçara” | Foto: Marcelo Albuquerque (2014)

Em 2017, participou da primeira exposição de foto e videojornalismo de Alagoas. E está em processo de preparação de uma mostra individual para o trabalho final de seu mestrado, onde pretende abordar, por meio da fotografia, a música e algumas questões sociais vistas por ele em Portugal.

Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -concerto-final-ano-letivo-escola-profissional-metropolitana-- (1)
Concerto final do ano letivo da Escola Profissional Metropolitana | Foto: Marcelo Albuquerque
Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -concerto-final-ano-letivo-escola-profissional-metropolitana-- (3)
Concerto final do ano letivo da Escola Profissional Metropolitana | Foto: Marcelo Albuquerque
Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -concerto-final-ano-letivo-escola-profissional-metropolitana-- (4)
Concerto final do ano letivo da Escola Profissional Metropolitana | Foto: Marcelo Albuquerque
Blog.AquiAcolá - Marcelo Albuquerque -concerto-final-ano-letivo-escola-profissional-metropolitana-- (2)
Concerto final do ano letivo da Escola Profissional Metropolitana | Foto: Marcelo Albuquerque

Para Marcelo, o cenário e o mercado para o fotógrafo estão cada vez mais acirrados. “Acho que a gramática da imagem está cada vez mais acessível e isto tem criado um consumidor mais exigente. Isso nos obriga a estudar mais”. Paralelo a isso, através de sua vivência e seu trabalho, está começando uma trajetória no mercado de fotografia independente em Lisboa.

Este slideshow necessita de JavaScript.


FOTO DE CAPA*: De Ramatis Haywanon


Endereço Eletrônico 

RAMATIS HAYWANON – Site: https://ramatis.myportfolio.com/  | Instagram: @ramatis
MARCELO ALBUQUERQUE -Site: https://www.marcelofotografia.net |Instagram: @marceloalbuquerquefotografia 
Flickr: flickr.com/photos/marceloalbuquerque |  Facebook.com/marceloalbuquerquefotografia

Confira também:

1ª edição –  A poesia das formas em preto e branco de Luísa Patury e Tony Admond

2ª edição – A simbiose fotográfica de Jorge Vieira e Thiago Sobral

3ª edição –  João Facchinetti e Alberto Lima – Multiplicando a fotografia em Alagoas

4ª edição – João Dionísio e Cláudia Leite – experiências visuais antropológicas com perspectiva documental

5ª edição –  As histórias visuais de Ricardo Lêdo e Ailton Cruz

6ª edição – Construindo caminhos fotográficos com Luna Gavazza e Andréa Guido

7ª edição – Renata Voss e Francisco Oiticica – Produção vanguardista e acadêmica na fotografia

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: