Guia de Exposições

Adrianavarejão blog aqui acolá
Adriana Varejão – Por uma retórica canibal | Foto: Divulgação

 

Adriana Varejão – Por uma retórica canibal |MAMAM


Depois de uma temporada de dois meses em Salvador, a exposição Adriana Varejão – Por uma retórica canibal aportará no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães  (MAMAM), com abertura agendada para o dia 28 de junho, às 19h. É a primeira vez que um conjunto significativo de obras da artista carioca é exposto no Recife. Serão 25 obras representativas dos 30 anos de carreira de Adriana Varejão.

Com curadoria de Luisa Duarte, a exposição faz parte de um projeto que pretende descentralizar o acesso à produção da artista carioca, exibindo obras realizadas entre 1992 e 2016. Trata-se de um conjunto significativo de sua produção, que inclui trabalhos seminais como Mapa de Lopo Homem II (1992-2004), Quadro Ferido (1992) e Proposta para uma Catequese, em suas Partes I e II (1993).

Adriana Varejão – Por uma retórica canibal | Visitação:  de 28 de junho a  8 de setembro de 2019 | Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães  (MAMAM) – R. da Aurora, 265 – Boa Vista, Recife – PE |  Mais Informações  (81) 3355-6871 | E-mail: mamam@mamam.art.br | Gratuito | Classificação indicativa: Livre

 

bon vin

The Emotion´s Black Volcanos | BON VIN


A Boutique bon Van abriga a exposição The Emotion´s Black Volcanos, de Breda e Schwartz. A mostra fotográfica é uma narrativa que, através das cores e faces, expressam as mais genuínas e puras emoções as quais nos identificam todos os dias.

 BON VIN – Boutique & Bistrot | QUANDO: até 15 de outubro | VISITAÇÃO: Terça a Sábado a partir de 18 horas

ruptura blog aqui acolá

Ruptura |Café da Linda


O artista visual Rolderick Leão apresenta a sua primeira exposição individual Ruptura até 14 de agosto  no Café da Linda. O artista apresenta 15 obras com desenhos e ilustrações em aquarelas e técnicas mistas, além de pinturas a óleo, com a proposta de romper o paradigma da beleza e tirar o público do lugar comum.

Com o apoio da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal), a exposição é uma iniciativa do movimento Antropofágico Miscigenado, liderado pelo cantor, compositor e poeta Sebage.

Café da Linda Mascarenhas – Teatro Deodoro – R. Barão de Maceió, 375. Em frente à Praça Marechal Deodoro – Centro. Entrada gratuita.

 

WhatsApp Image 2019-06-17 at 20.25.21 aqui acola
Urbanidade – obra de Eva Cavalcanti | Foto: Eva Cavalcanti

Urbanidade | Arte Pajuçara


Depois de uma temporada no MUPA, a exposição Urbanidade ocupa o Arte Pajuçara, disponível para apreciação até 17 de agosto. A coletiva reúne obras de 43 artistas. Com temática contemporânea, a exposição faz referência ao olhar dos artistas em relação à cidade, tornando a produção das obras uma fonte de comunicação com todas as possibilidades. A mostra tem curadoria de Viviani Duarte.

Entre os artistas estão Achiles Escobar, Acioli, Adriana jardim, Eklivann Marcel, Eva Cavalcante, Arthur Celso,  Lu Azul, Gabi Coêlho, Elisabeth Wolbeck, Henrique Lima, Jorge Vieira, José Paulo, Rosivaldo Reis, Jhadim ba, Lia Santos, Lula Nogueira, Muganga, Manú Constant, Waldirene, Roniekson, Tânia Pedrosa, Cláudio Kukukaya, Wallison e Emerson Diniz.

Centro Cultural Arte Pajuçara  – Av. Dr. Antônio Gouveia, 1113, Pajuçara. Maceió/AL.  Entrada Franca

62650386_2011827038921455_7468344465795579904_n

Os Olhos do Jardim | Sesc Centro


A exposição Os Olhos do Jardim, do Coletivo Sementes Bordadas, ainda está na Galeria de Arte da Unidade Sesc Centro e fica disponível para visitação até 12 de julho, das 12h às 18h. A entrada é gratuita!

São 40 obras têxteis, entremeando desenhos, pinturas, bordados e crochês, apresentadas em suportes e dimensões diversas, entre painéis, pedras e folhas, sobrepostas ou contornadas por tramas.

 A Galeria de Artes do SESC Centro fica aberta a visitação de segunda a sexta, das 12h às 18h. Mais informações: 3201-1374 / 3201-13.

jorge vieira  blog aqui acolá

A Fotografia Contemporânea de Jorge Vieira | Elua


A fotografia Contemporânea de Jorge Vieira em exposição no Elua – coquetelaria e gastronomia – é a primeira mostra que o foto-artista faz de seus trabalhos com linguagem artística, no sentido da liberdade poética na composição e pós-produção de imagens.

As cinco fotografias ali expostas são fruto de estudos e experimentações realizados nos últimos doze meses, com aplicação de técnica intervencionista sobre fotografia, em processo digital. A pequena mostra é parte de um conjunto fotográfico concebido para compor projetos de ambientes, no universo da arquitetura, constituindo-se o viés mais comercial do trabalho de Jorge Vieira, que já é reconhecido pelos seus projetos documentais.

A exposição fica no ELUA (Rua vereador Pedro Moura, 333 – Jatiúca) até final de junho.

exposição 360º blog aqui acolá
360º | Foto: Divulgação

 

360º | Complexo do Teatro Deodoro


Tintas, pincéis, papéis, sentidos aguçados, visão artística e uma boa dose de talento. O resultado disso são dezenas de pinturas que revelam o olhar do artista Eduardo Bastos sobre Alagoas e a vida reunidas na exposição 360º, que aberta ao público até 21 de junho, no Complexo Cultural Teatro Deodoro. A entrada é gratuita.

A mostra pode ser visitada de segunda-feira a sábado, das 8h às 18h; às quartas-feiras, das 8h às 20h; e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. Grupos de escolas e instituições sociais devem agendar a visita guiada gratuitamente pelo (82) 98884-6885.

Complexo Cultural Teatro Deodoro – R. Barão de Maceió, 375 Em frente à Praça Marechal Deodoro – Centro. Quando: segunda a sexta, das 8h às 18h, e, as quartas, das 8h às 20h.

 

Anima blog aqui acolá

Ânima Alagoana | Cesmac


A exposição Ânima Alagoana continua aberta a visitação até 30 de junho na Galeria de Arte Fernando Lopes do Cesmac. A coletiva tem como objetivo principal estabelecer correlatos criativos entre os imaginários de artistas visuais e literatos alagoanos, estabelecendo uma ponte para a materialização da “ânima” em corpos criativos, apresentadas em formatos de: esculturas, vídeos, performances, fotografias ou ilustrações artísticas.

Com curadoria da Profa. Carol Gusmão, a mostra expõe trabalhos de 20 artistas, dentre eles: Agélio Novaes, Delson Uchôa, Francisco Oiticica, Lula Nogueira, Marçal Conde, Marta Arruda, Pedro Cabral, Pedro Caetano, Persivaldo Figueirôa, Reinaldo Lessa, Ricardo Lêdo, Rosivaldo Reis e Suel.

GALERIA CESMAC DE ARTE FERNANDO LOPES – Rua Cônego Machado, 1043, Farol| Telefone: (82) 3215-5094 | Quando: de segunda à quinta, das 13h às 17h; sextas das 13h às 16h| Entrada Franca

Achiles escobar - fotografia de Elizete Sartori blog aqui acolá
Civilização das Máscaras: Vértice – Faces Ocultas | Foto: Elizete Sartori

Civilização das Máscaras: Vértice – Faces Ocultas | MISA Alagoas


O Museu da Imagem e do Som de Alagoas – MISA segue com a exposição Civilização das Máscaras: Vértice – Faces Ocultas, individual de Achiles Escobar, até 05 de julho, de terça à sexta, de 8h às 17h.

“Civilização das Máscaras: Vértice – Faces Ocultas” fala sobre a importância das máscaras no contexto histórico e cultural das civilizações, o papel dual da máscara, do que ela oculta e revela, e de como a cultura das máscaras influenciou a trajetória e o processo criativo do artista.

Achiles Escobar é paraense, reside em Alagoas há mais de 30 anos, estudou artes plásticas no Liceu de Artes e Ofício da cidade de São Paulo, atua como pesquisador da cultura popular brasileira e alagoana, coordena projetos socioculturais, é idealizador do bloco carnavalesco “Jaraguá é o Bicho, em seu ateliê, sempre abriu as portas para a comunidade, que receberam aulas e diversas oficinas sobre técnicas de papietagem e machê.

MISA- Rua Sá e Albuquerque, 275, Jaraguá | Telefone: (82) 3315-7882 | Quando: de terça a sexta, das 08h às 17 horas; aos sábados das 09h às 14h | Entrada Franca

EXPOSIÇÃO SIL BLOG AQUI ACOLÁ

Sil | Théo Brandão


A exposição Sil, composta por doze peças da artista e sete fotografias coloridas que retratam sua obra e fazer artístico, clicadas pelo fotógrafo Thiago Sobral, segue aberta a visitação até 06 de agosto, no Museu Théo Brandão.

A exposição tem curadoria da museóloga Hildênia Oliveira e de Thaisa Sampaio. O projeto expográfico é de alunos do curso de Design da Ufal.  As obras retratam brincadeiras de infância geralmente com uma Jaqueira, marca registrada da artista, presente na escultura.

Há quase vinte anos, Sil de Capela aprendeu a técnica da cerâmica com o mestre João das Alagoas. Desenvolveu um estilo próprio e, hoje, o trabalho da artista é reconhecido no Brasil e exterior.

Museu Théo Brandão – Avenida da Paz, 1490, Centro | Horário aberto à visitação: das terças as sextas, das 9h às 17h; sábado e domingo, das 12h às 17horas, | Mais informações pelos telefones 3214-1716.

39526416_10156661590447090_8986993452247941120_n

1ª Coletiva Edna Constant de Artes Visuais | Casa da Arte


Segue em exibição até 30 de maio, a  “1ª Coletiva Edna Constant de Artes Visuais” com trabalhos de 20 artistas que produzem nas mais diversas técnicas e suportes. A curadoria é de Tito Mendes e a ideia é que a mostra se repita anualmente, na mesma data, em homenagem a Edna Constant, idealizadora da Casa da Arte.

Participam da coletiva: Celso Brandão, Siloé Amorim, Cleide Oliveira, Francisco Oiticica, Lula Mendes, Pablo de Luca, Juarez Cavalcanti, Luciano Aguiar, Claudia Gordon, Mirna Maracajá, Tatiana Marchenko, Irene Duarte, Tayra Macedo, Amanda Rodrigues, Tito Mendes, Suel Cordeiro, Lula Nogueira, Paulo Caldas, Agelio Novaes, Gustavo Lima, Delson Uchoa e Persivaldo Figueiroa.

A mostra segue aberta à visitação até 30 de maio | A Casa da Arte fica  Rua São Pedro, 185 – Garça Torta, Maceió |  Mais informações: (82) 3355-1149 | entrada gratuita

 

judvan lopes

Corpos Híbridos | Sesc Arapiraca


A Galeria de Arte – Sesc Arapiraca abriga até 31 de maio a individual   “Corpos Híbridos”, do artista Judivan Lopes. As obras trazem características híbridas, desenvolvidas com tecnologias artesanais e digitais. A identidade retrata manifestações de arte emergente que se utiliza da xilogravura, esculturas e outras técnicas manuais sob a interface de componentes eletrônicos e softwares, e propõe colocar o visitante como parte integrante da montagem.A instalação poderá ser conferida de segunda a sexta, das 12h às 18h.

Galeria de Arte do Sesc Arapiraca  – Rua Manoel Cazuza, S/N, Santa Edwiges ; Arapiraca | Mais informações: (82) 3482-2400

 

Trava| Poema de Ana Karina Luna
Trava| Poema de Ana Karina Luna

 

O Corpo é um Poema Fatiado | Café da Linda


Foi prorrogada até 30 de maio, a mostra O Corpo é um Poema Fatiado, de Ana Karina Luna. Em cartaz no Café da Linda, dentro do Teatro Deodoro, a individual apresenta trabalhos inspirados por três elementos da vivência da artista: seu livro “Saindo Da Piscina de Éter”; pelas incursões na Gestalt Viva e pela experiência da travessia de um deserto pessoal, que possibilitou uma reconexão com o corpo.

Café da Linda Mascarenhas – Teatro Deodoro – R. Barão de Maceió, 375. Em frente à Praça Marechal Deodoro – Centro. Entrada gratuita.

 

blog aqui acolá - FOTOgrafandoPOESIA (1)
FOTOgrafandoPOESIA | Foto: João Dionísio

 

FOTOgrafandoPOESIA | Complexo do Teatro Deodoro


FOTOgrafandoPOESIA”, do projeto FotoSururu,  segue até 04 de maio, no mezanino do Complexo Cultural do Teatro Deodoro. A montagem reúne ensaios dos fotógrafos Dilma Marinho, Gabi Coêlho, João Dionísio, Jorge Vieira, Lia Santos e Lucyelma ; e seus respectivos poemas, com temática variada e linguagem fotográfica também diversa.

Complexo Cultural Teatro Deodoro – R. Barão de Maceió, 375 Em frente à Praça Marechal Deodoro – Centro. Quando: segunda a sexta, das 8h às 18h, e, as quartas, das 8h às 20h.

 

Foto Sururu - 3 - 02

 

Tecendo Sentidos: Fotografia e Experiência Etnográfica| Museu Théo Brandão


O Museu Théo Brandão também faz parte do circuito de exposições do projeto FotoSururu,  com a coletiva “Tecendo Sentidos: Fotografia e Experiência Etnográfica”, apresentando trabalhos de alunos da disciplina de Antropologia Visual da UFAL. As visitações poderão ser feitas de terça a sexta, das 9h às 17h; sábado e domingo, das 12h às 17horas, até 12 de maio.

Museu Théo Brandão – Avenida da Paz, 1490, Centro | Horário aberto à visitação: das terças as sextas, das 9h às 17h; sábado e domingo, das 12h às 17horas,  | Mais informações pelos telefones 3214-1716.

 

53790520_2289154001340384_3167477993559818240_n

Convocatória FotoSururu | MISA


O bairro de Jaraguá não ficou de fora do circuito de exposições. Começando pelo Museu da Imagem e do Som de Alagoas que apresenta o resultada da Convocatória Nacional FotoSururu Ensaio e Foto Única, com trabalhos de seis fotógrafos de outros estados. “Convocatória FotoSururu” poderá ser apreciada até 10 de maio.

MISA- Rua Sá e Albuquerque, 275, Jaraguá | Telefone: (82) 3315-7882 | Quando: de terça a sexta, das 08h às 17 horas; aos sábados das 09h às 14h | Entrada Franca

 

Autorretrato, Atalho para Minha Poética | Foto: Jacqueline Hoofendy, 
Autorretrato, Atalho para Minha Poética | Foto: Jacqueline Hoofendy,

Autorretrato, Atalho para Minha Poética | IPHAN


Tem ainda “Autorretrato, Atalho para Minha Poética” no IPHAN Alagoas, coletiva que reúne exercícios em torno do autorretrato realizados por alunos do Ateliê Jacqueline Hoofendy, do Rio de Janeiro/RJ. A mostra fica em cartaz até 18 de maio, e expõe trabalhos de fotógrafos de nove estados brasileiros, do Distrito Federal, e de Portugal.

IPHAN AL – R. Sá e Albuquerque, 157 – Jaraguá, Maceió | As visitações poderão se feitas de terça-feira a domingo, das 9h às 17horas. Entrada Franca.

Pierre Chalita 02

 

Missão São Francisco | Pierre Chalita


A coletiva “Missão São Francisco: Nos Caminhos de Richard Francis Burton – ATO I”, instalada na Fundação Pierre Chalita, com ensaios dos fotógrafos Celso Brandão, Pierre Devin, Nair Benedicto, Fabiana Figueiredo, Fausto Chermont e filme de Pedro Amaral, poderá ser apreciada até 20 de maio, de segunda a sexta, das 09h às 17horas.

Pierre Chalita fica localizado na Praça Manoel Duarte, 77 – Pajuçara, Maceió | As visitações poderão ser realizadas até 20 de maio, de segunda a sexta, das 09h às 17 horas

 

obra de munganga

Urbanidade | MUPA


O Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa) abriga até 12 de maio a exposição coletiva “Urbanidade”, que reúne obras de 39 artistas. Com temática contemporânea, a exposição faz referência ao olhar dos artistas em relação à cidade, tornando a produção das obras uma fonte de comunicação com todas as possibilidades. A mostra tem curadoria de Viviani Duarte.

Entre os artistas estão Achiles Escobar, Acioli, Adriana jardim, Eklivann Marcel, Eva Cavalcante, Gabi Coêlho, Elisabeth Wolbeck, Henrique Lima, Jorge Vieira, José Paulo, Rosivaldo Reis, Jhadim ba, Lia Santos, Lula Nogueira, Muganga, Manú Constant, Waldirene, Roniekson, Tânia Pedrosa, Cláudio Kukukaya, Wallison e Emerson Diniz.

O Mupa está localizado na Praça Marechal Floriano Peixoto, no Centro de Maceió. A mostra fica aberta para visitação até o dia 12 de maio e a entrada é gratuita. Visitação de segunda a sexta- feira, das 9h às 16h.