Guia de exposições

Exposições fotográficas e individuais de escultores alagoanos ganham destaque no Guia aqui Acolá

Nosso Guia de exposições traz sugestões de 09 passeios culturais com entrada gratuita em espaços públicos e privados que estão abrigando interessantes mostras de artes visuais. Exposições fotográficas convidam para um mergulho nas belezas naturais e geográficas, costumes, tradições, gastronomia e cultura local. O Guia  indica também três montagens com trabalhos dos escultores Marta Arruda, José Paulo e Roniekson Okobayewa. Outra grata surpresa é a 2ª edição da exposição coletiva “Amostra Grátis”, que reúne obras de 13 artistas, no Complexo Cultural do Teatro Deodoro.

WhatsApp Image 2016-08-21 at 15.40.56 (1)

Alagoas, seus Folguedos e suas danças | Maceió Shopping 


Em comemoração ao mês do Folclore, a exposição “Alagoas, seus folguedos e suas danças”, reúne no  Maceió Shopping fotografias, imagens das manifestações culturais, vestuário típico do folclore alagoano, além de esculturas do artista plástico Roniekson Okobayewa. Até o dia 31 de agosto, a mostra também contará com apresentações artísticas de grupos de folguedos e atividades culturais.

PLANTANDO MACAXEIRA_Myrna Maracajá_300dpi
Obra intitulada “Plantando Macaxeira”, de Myrna Maracajá. Foto: Divulgação

 3 em 1  | Complexo do Teatro Deodoro


Em cartaz de 23 de agosto até 30 de setembro no mezanino do Complexo Cultural do Teatro Deodoro a exposição “3 em 1” mostra trabalhos distintos da artista plástica alagoana Myrna Maracajá. Em “Filhas de Eva”, as obras foram criadas exclusivamente para a Campanha Nacional Justiça pela paz em casa, no combate à violência contra a mulher. As imagens refletem cenas do cotidiano feminino; a série de “Índios” trata do respeito à natureza; já em “Miniaturas”, a artista apresenta pela primeira vez reproduções de suas obras em formato de miniaturas. A mostra, com entrada franca, pode ser vista de segunda a sexta, das 8h às 18h, e nas quartas-feiras, das 8h às 20h.

IMG_8419
Foto: Matheus Arruda

Marta Arruda |  30 anos de arte | Pinacoteca


Ainda é possível conferir a exposição “Marta Arruda – 30 anos de arte que segue na Pinacoteca da UFAL até 09 de setembro. A mostra individual conta a trajetória de três décadas da artista que iniciou carreira em 1985 quebrando tabus ao entrar no ambiente antes só ocupado por homens. Foi a primeira mulher a trabalhar com soldagem em Alagoas. Em suas primeiras peças, Marta Arruda exercitava a criatividade com restos de metais e, ao longo dos últimos 30 anos, seu trabalho com esculturas e painéis compõe paisagens urbanas de Maceió, de vários municípios alagoanos e de outros estados.

Metalmofose de José Paulo  Iphan Alagoas
Foto: Divulgação

Metalmofose de José Paulo | Iphan Alagoas


Quem também está expondo suas esculturas é o artista José Paulo no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN – Alagoas. A individual, intitulada “Metalmofose de José Paulo” segue até 02 de setembro apresentando obras produzidas a base de metal, estruturas moldadas, contorcidas, alteradas para suportarem o peso ou a leveza dos outros materiais que a elas se conectam.  Os curadores Alice Barros e Robertson Dorta selecionaram 50 obras para esta mostra, que é a 1ª exposição individual do artista. A exposição pode ser conferida de terça a domingo, inclusive feriados, das 09h00 às 17h00.

WhatsApp Image 2016-08-21 at 15.43.43
Foto: Aqui Acolá

Mundaú | Galeria Gamma


Os fãs da fotografia preto e branco vão poder conferir as belezas da Lagoa Mundaú na primeira exposição do fotografo Roberto Fernandes, que acontece na Galeria Gamma até 20 de setembro. Combinação de registro documental com memória afetiva,  “Mundaú” apresenta as brincadeiras dos meninos transformadas em saltos fenomenais, paisagens, cenas do cotidiano dos pescadores, rendeiras, marisqueiros e o reflexo das águas em comunhão com as nuvens.  A entrada é franca e as visitas poderão ser feitas de segunda a sexta, das 14h às 19 horas; e aos sábados, das 9h às 13 horas.

Raízes e Água  MISA
Foto: Divulgação

Raízes e Água | MISA


O Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) também está com exposição fotográfica em cartaz. É a mostra “Raízes e Água”, estreia da fotógrafa Giovanna Araújo, com 24 fotografias ambientadas em paisagens alagoanas e contemplam lagoas, mares e mangues. Segundo a fotógrafa, a ideia é instigar o olhar do visitante a perceber a relação entre os elementos da natureza e as nuances da vida humana. A visitação poderá ser feita de segunda a sexta, das 8 às 17 horas, sábados, domingos, e feriados, das 13 às 17 horas. A entrada é gratuita.

Alagoas é Muito Mais  Parque Shopping
Foto: Divulgação

Alagoas é Muito Mais | Parque Shopping


E quem for passear no Parque Shopping não pode deixar de conferir a 1ª edição da exposição “Alagoas é Muito Mais”, também de fotografia, que reúne 16 imagens mostrando a cultura e o povo alagoano sob uma nova perspectiva. A primeira região retratada é o Caminho do São Francisco, que compreende toda área alagoana banhada pelo velho Chico. A mostra fica até 12 de setembro e quem visitar a exposição ainda poderá concorrer a um fim de semana com acompanhante, com direito a hospedagem, alimentação e passeios, na região banhada pelo Rio São Francisco.

13925350_10205369509557785_8129949598909133227_n
Imagem: Divulgação

 Amostra Grátis | Complexo do Teatro Deodoro


Em sua 2ª edição, a exposição Amostra Grátis apresenta de 23 de agosto a 30 de setembro, obras de 13 artistas visuais, fotografadas por Pablo de Luca. No mesmo molde da primeira edição, realizada no ano passado, os banners que retratam os trabalhos podem ser vistos por quem passa pela Praça Deodoro. A curadoria é de Rosivaldo Reis e Viviani Duarte. Participam da coletiva de Lú AzulSallesDênis MattosOrlando SantosFrédérique, Mônica TorresMarcos AurélioPersivaldo FigueirôaDalton CostaMyrian AlmeidaTeresa LimaChico Viveiros e Myrna Maracajá.  Entrada gratuita.

14088816_1239204052776818_1311796194_n
Foto: Divulgação

Caminhos | Sesc Centro


Jackson Lima estará com suas belíssimas esculturas na individual “Caminhos” ocupando o Sesc Centro de 25 de agosto a 14 de outubro. A curadoria é de Alice Barros e Robertson Dorta. O artista de Limoeiro de Anadia trabalha com materiais recicláveis como plástico, ferro, vidro, madeira, papel, isopor e sementes de Ouricuri, entre outros itens reaproveitáveis. Suas obras são cheias de elementos simbólicos da região onde vive, santos católicos e personagens da cultura popular. A abertura será no dia 25, às 19 horas, e a visitação poderá ser feita a partir do dia 26, de segunda a sexta das 12h às 18 horas. Entrada franca.

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: