Artes Exposições

Lançamento da mostra “Ilha do Ferro: Uma iconografia do povoado”

Foi lançada na noite desta última sexta (11), a exposição “Ilha do Ferro: Uma iconografia do povoado”, da designer Amanda Soares, no Museu Théo Brandão, e o Aqui Acolá foi conferir. A mostra tem curadoria do ilustrador Pedro Lucena e segue em cartaz até 30 de maio.

DSC_0465

Foi lançada na noite desta última sexta (11), a exposição “Ilha do Ferro: Uma iconografia do povoado”, da designer Amanda Soares, no Museu Théo Brandão, e o Aqui Acolá foi conferir.  A mostra tem curadoria do ilustrador Pedro Lucena e segue em cartaz até 30 de maio.

A montagem faz uma conexão entre imagens reais da Ilha do Ferro e a tradução deste universo representado em 19 estampas, impressas em tecido. A talentosa artista conseguiu combinar a cultura tradicional com um projeto contemporâneo traduzindo a cultura local e ao mesmo tempo representando a identidade do lugar, ainda que de forma subjetiva.

DSC_0471

A técnica utilizada para a criação das estampas é conhecida na área como Design Thinking, que busca diversos ângulos e perspectivas para solução de problemas, ajudando de maneira mais efetiva e conduzindo a novos caminhos.  Para o processo de criação, a artista fez imersão na Ilha do Ferro; análise de informações colhidas e ideação agregada em três grupos: Pessoas, Paisagem e Produções.

Para além da técnica e expressão artística, vale ressaltar que o mérito maior da obra de Amanda Soares está justamente neste mergulho no tradicional trazendo para o centro das discussões características peculiares daquela região, que as diferencia do resto do mundo com suas cores, paisagens, sua gente e costumes.

Amanda Soares

O fato de ter justamente surgido do meio acadêmico engrandece ainda mais a iniciativa. Prova disto é que o trabalho da artista foi o único classificado para exposição temporária em 2015 no Museu Théo Brandão. Amanda, que apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com o tema “Apresentando a Ilha do Ferro à cultura local através do design de superfície”, aproveitou a oportunidade para expandir seu trabalho para além dos muros acadêmicos. Algo pouco explorado no meio ao qual ela emergiu com essa belíssima exposição.

O trabalho faz referências às esculturas em madeira, ao bordado Boa Noite, à arquitetura urbana da ilha, ao ato criativo dos artistas locais, às flores, à caatinga, ao solo rachado, entre outros aspectos do lugar.

DSC_0475

Algumas das estampas podem ser vistas também em fotografias de um editorial de moda, produzido pela designer. Além das peças de vestuário, as imagens foram também impressas em pôsteres, capas de celulares e adesivos, e bolsas ecobags. Todos os itens em exposição estão à venda.


SERVIÇO:

Ilha do Ferro: uma iconografia do povoado. Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore (Centro). Hoje, às 19h. Visitação até 30 de maio, de terça a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 14h às 17h. Mais informações: (82) 3214- 1716.

1 comentário

  1. Parabéns Iranei! O nome do blog é leve e completo. Além disso, a matéria e registros da Mostra sobre a Ilha do Ferro ficaram ótimas! Beijão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: